produtor

Na minha experiência nas últimas décadas,
produtores vem em dois tipos:
- produtor de produção, que viabiliza o que o filme precisa,
objetos, atores, lugares, equipamento, musicas, equipe...
- produtor executivo, que viabiliza a contabilidade, discute aspectos legais, negocia uso de dinheiro para comprar e alugar ao mesmo tempo que vende o filme...

A evolução dos equipamentos digitais, e a mais recente powerquake (terremoto de poderes) da distribuição streaming na web, afetou o ambiente compleamente.
É importante compreender o panorama do ambiente comercial de programas audiovisuais, o mercado do cinema e tv para conseguir atuar e viabilizar programas.

No livro "Roteiro de Roteiro 3.8" tem um capitulo sobre
marketing de cinema, que descreve os fluxos da criação
do roteiro com a invenção de valor na distribuição do filme.

Quando o produtor-empreendedor encontra um criativo
com uma ideia sensacional para um filme [oportunidade],
juntos eles planejam acessar uma fonte de dinheiro
para a realização do produto-filme;
mas... para começar a fazer relacionamentos,
buscar editais, financiamentos,
se precisa primeiro... ter o Roteiro pronto !

Com  o Roteiro os criativos empreendedores
conseguem $ dinheiro ( um tipo de energia )
para fazer a história ''virar filme''  utilizando
um tipo de plano de negócios.

e aí... se o DNA do seu filme está só com o criativo,
centrado no emissor, com pouco valor agregado
de participantes com repercussão e público...
é natural que os resultados sejam mais imprevisíveis.

Encontrei no European Script Fund em Londres em 1995,
como parte do esforço da Comunidade Européia de articular investimentos e televisões para o audiovisual
um procedimento técnico para coordenar os esforços
da produção e da exibição e distribuição: 'analise de roteiro'.
As vezes é confundido com um esforço de critica - que tem sua origem na literatura. Critica é uma forma acadêmica de identificação: ao fazer uma lista de elementos e características das obras de um determinado período histórico. A critica então compara o produto 'atual' com o 'modelo histórico' e avalia se está mais perto daquele 'modo' de criação ou se está mais distante. A critica assim, não serve para identificar novidades nem novas tendências, só serve para comparar com modos de criação históricos.
Nas últimas décadas aperfeiçoei uma versão do relatório
para incluir questões culturais do ambiente brasileiro.

Analise de roteiro tem a função de marcar as qualidades
que o roteiro já tem, confirmar que a dinâmica emocional está rica e variada, sugerir onde a coerência do roteiro está comprometida em relação ao público-alvo para o qual está sendo dirigida. Imagine o Bill Gates recebendo um relatório sobre o Windows...

Em 2020 vamos ter muitas oportunidades e já enxergo muitas mesas sendo arrumadas para as negociações
dos filmes e programas mais bem sucedidos...
Mas só os produtores-empreendedores conseguirão levantar investimentos p/o filme "mais-pesado-que-o-ar..."

Você vai participar do mercado ?